Areia – PB: festival gastronômico une saberes e sabores

Festival gastronômico na cidade de Areia tem o intuito de valorizar a gastronomia local, apresentando aulas práticas com chefs de cozinha, rodas de discussão sobre alimentação, cachaça, exposição de produtores locais, apresentações artísticas e muito mais.

A Cidade

A bela e histórica cidade de Areia (1846), berço do pintor Pedro Américo e do escritor José Américo de Almeida, tem seu centro histórico tombado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) desde 2006. Isso garante que os prédios são protegidos por lei federal específica e assegura sua preservação contra danos ou reformas indevidas, impedindo a descaracterização dos imóveis. Para conceder tal distinção, o Iphan baseou-se no valor histórico, urbanístico e paisagístico atribuído ao conjunto e na ativa participação da cidade nas revoluções ocorridas no século XIX. Na área tombada, existem cerca de 420 imóveis.

Situada na microrregião do Brejo paraibano, a cidade fica no topo da Serra da Borborema, a 618 metros de altitude em relação ao nível do mar, com uma população estimada em 22.940 habitantes (IBGE-2016).

Dentre suas jóias arquitetônicas, destacam-se o Teatro Minerva, inaugurado em 1858, o Museu da Rapadura e o Museu Casa de Pedro Américo. Além disso, o visitante pode conhecer a antiga Igreja de Nossa Senhora do Livramento, construída em 1861.

É nesse clima bucólico que, entre os dias 13 e 14 de março (sexta-feira e sábado) será realizado o I Festival Gastronômico Sabores da Serra, com a presença de grandes chefs de cozinha regional, a exemplo do dos chefs Cumpade João, Alberto Matta, Thaís Macedo, Patty Toldi e Júlio César.

Festival Gastronômico

O Festival é idealizado pelo Instituto Federal Paraíba (IFPB – Campus Areia), Prefeitura Municipal de Areia e pela ATURA. O objetivo despertar e valorizar o empreendedorismo na área da gastronomia, divulgar os estudos que estão sendo realizados na instituição e mostrar a valorização dos produtos regionais.

Quem tiver interesse de participar terá uma programação bastante seletiva, com várias oficinas, aulas show, palestras, degustação, mostra de produtos, concurso de pratos e atrações culturais. (Consulte aqui a página da organização do evento).

Haverá uma feira gastronômica para comercialização de pratos preparados para o festival pelos restaurantes e chefs inscritos, em tendas montadas na rua do Casarão. Também haverá espaço para produtores regionais que fornecem (ou podem fornecer) insumos de qualidade para a alta gastronomia (bem como para a sua cozinha no dia a dia), a exemplo de hortaliças orgânicas, mel de abelha, queijos, salames, linguiças, pimentão colorido, tomate cereja.

Os percursos da cachaça

Maurício Carneiro (engenheiro e cachaçólogo), ao lado da Maria Júlia Baracho (Engenho Triunfo), farão uma exposição sobre  os percursos da cachaça no município de Areia. Maurício Carneiro abordará temas sobre o percurso da cachaça, desde os primórdios da história do Brasil até os dias atuais, passando pela valorização (ou não) do nosso destilado ao longo dos séculos e uma visão especial sobre o desenvolvimento da indústria cachaceira na cidade de Areia. Em paralelo, Maria Júlia fará uma explanação sobre o potencial turístico que a cidade de Areia e o Brejo Paraibano possuem, abordando temas como turismo rural, turismo etílico e gastronômico, além das oportunidades econômicas que essa  atividade pode ofertar na região. O evento ocorrerá no Teatro Minerva, as sexta-feira, das 15h40 às 17h.

Espaços temáticos

Será feita uma divisão temática dos espaços, que serão divididos em cinco áreas:

Chef ao vivo: com a presença de chefs realizando aulas show, com a preparação de pratos planejados para o Festival que valorizem os produtos regionais (esta atividade acontecerá em espaços públicos – coreto e mercado público, com inscrições prévias, com entrega de kits e degustação para os inscritos);

 Interatividade na cozinha: aula prática, na qual os participantes vão executar a preparação dos pratos e/ou drinks sob a orientação de um chef/professor;

(A atividade será realizada em diferentes pontos, a depender da oficina)

Cozinha pensante: espaço para palestras, roda de conversas e apresentação de trabalhos acadêmicos sobre a “nova gastronomia”, com ênfase nos produtos regionais, sustentáveis e saudáveis. Versando desde a cozinha vegana, ao uso da tecnologia na preparação das receitas.

Chefs e restaurantes: feira gastronômica para comercialização de pratos preparados para o festival pelos restaurantes e chefs inscritos (será realizado em tendas montadas na rua do Casarão)

Da Terra: espaço reservado para produtores regionais que fornecem (ou podem fornecer) insumos de qualidade para a alta gastronomia (bem como para a sua cozinha no dia a dia), a exemplo de hortaliças orgânicas, mel de abelha, queijos, salames, linguiças, pimentão colorido, tomate cereja, etc. (será realizado também em tendas na rua do Casarão).

Programação cultural

Na programação cultural, que será realizada na Praça Central da cidade, vão se apresentar, na sexta, Varal de Cabaré, DJ Gandhi e Jonas Sousa; No sábado, as atrações serão Zezinho Sanfoneiro, DJ Gandhi e Yan Caio. Os shows terão início a partir das 18h e é de graça.

Maurício Carneiro

Maurício Carneiro é engenheiro mecânico e de segurança do trabalho. Especialista, estudante e apreciador de cachaças. Colunista de cachaças da CBN Paraíba, com a coluna Confraria do Copo. Proprietário do blog Rótulo Brasil, onde trabalha pela valorização da nossa bebida nacional.

Menu